Kruger




 


 

DO BUDISMO

De Nitiren Daishonin, Sutra de Lótus:
A lei de causa e efeito
Existe uma lei no universo que rege a tudo e a todos, esta lei é a lei de causa e efeito (nam-myoho-rengue-kyo) . Tudo que acontece no mundo é regido pela lei de causa e efeito: os planetas, as galáxias, as pessoas, as pedras, cada átomo que existe no universo.A lei de causa e efeito é extremamente rigorosa, as causas que fazemos, boas ou más vão formando nosso carma.
O carma é a soma todas as causas que fizemos em nossas existências. As causas podem ser negativas ou positivas. Se desfrutamos de conforto e felicidade ou se estamos sempre com problemas, isso depende das causas que fizemos e que estamos fazendo no momento. Assim como o imã atrai o ferro, somos atraídos pelo nosso bom ou mau carma, a manifestação do carma só depende de uma coisa:
A circunstância
O nosso carma é latente, ele só se manifesta quando existe a circunstância apropriada.
Citando um exemplo: uma pessoa que comete roubos e assassinato; mesmo que viva uma vida normal e morra de velhice, ela carregará esta causa através de suas próximas existências até que surja uma circunstância apropriada para receber os efeitos. Se você possui causa para se tornar rico ou se tornar um mendigo, esta causa ficará latente até que surja a circunstância adequada para receber o efeito.

A eternidade da vida
"A nossa vida é eterna e nós estamos nascendo e morrendo constantemente."
Ora nossa vida toma a forma de um corpo físico, (nascemos), ora se funde com o universo (morremos), quando surgem as circunstâncias certas, nós nascemos, sempre de acordo com as nossas causas. A nossa conduta hoje interfere diretamente no nosso destino futuro.
Exemplo: Uma criança nasceu cega: como poderia um recém-nascido ter feito causas negativas se acabou de nascer? este caso explica a eternidade da vida, esta criança trouxe causas de vidas passadas que possibilitaram a ela nascer nestas condições.O que faz com que pratiquemos boas ou más ações são as manifestações dos dez estados de vida ...