Espadas

O Baralho tradicional

O baralho surgiu com formas diferentes, em diferentes épocas e culturas. E acabou chegando à Europa também por mãos diferentes.  Do Oriente, fosse da China ou da Índia, chegaram na Europa os baralhos numerados e divididos em naipes.

A crendice popular diz que todo baralho apresenta simbologia religiosa, metafísica ou astronômica. Os naipes seriam as quatro estações do ano. As 13 cartas por naipe seriam os 13 fases do ciclo lunar. Os cores preto e vermelho seriam a noite e o dia, respectivamente. As 52 cartas (sem os coringas) seriam as 52 semana do ano

Os naipes foram padronizados em paus, copas, ouros e espadas na França, Itália e Espanha, exceto na Alemanha: lá os naipes eram a folha, o coração, o sino e o pinhão. Surgiram o baralho espanhol e o baralho italiano de 40 cartas, até hoje usado aqui no Brasil para jogar truco ou escopa. Surgiram também os baralhos alemães de 36 ou 32 cartas (do 7 ao ÁS, passando pelas figuras), que é o mesmo baralho usado para o pôquer no Brasil, diferentemente do baralho inteiro usado nos Estados Unidos.

Nomes dos naipes ao redor do mundo:

O Naipe de Espadas no Tarô

Elemento: Ar
Verbo: Saber (Signo Fixo: Aquário)
Estação: Inverno
Elemental: Silfos ou Gigantes (lembra deles ?)
Plano Humano: Mental
Função Psicológica: Pensamento


O Naipe de Espadas está ligado à auto-afirmação. Colocar o homem diante das intempéries da vida, empurrá-lo para a vida social, fazê-lo compreender de seu real papel como indivíduo.

A capacidade do homem pensar, sem a relação cartesiana, favorece os sentimentos e interpelações, criando a oportunidade de nos libertarmos de uma série de condicionamentos impostos pela dura realidade. Tornar-se um ser individual, com identidade própria é um desafio que confere à vida conflitos e diferenças, através do convívio com o outro. Em Espadas, a vida é uma luta, um desafio, uma maneira de entendermos o outro e aprender a viver melhor.

Os diferentes tipos de baralhos de Tarô entendem os naipes como representações distintas:

O baralho Ancestral Path é um baralho baseado em lendas de 4 civilizações e raças de homem existentes sobre a Terra. Os 4 naipes apresentam estas 4 raças e lendas: amarelo representa a ancestria Japonesa nas Espadas; preto representa a ancestria Egípcia nos Paus; branco representa a ancestria Britânica nas Taças (Copas); vermelho representa a ancestria Nativa Norte-americana nos Círculos Sagrados (Ouros).

O baralho Renaissance Tarot apresenta a mitologia grega com um simbolismo rico e desenhos vivos e frescos. Os deuses do Olimpo são apresentados como guardiões de cada uma das cartas. Quatro grandes mitos gregos explicam os naipes de Taças (Cups, ou Copas), Moedas (Coins, ou Ouros), Paus (Staves) e Espadas (Swords): Eros e Psique, Persefone e Hades, Hercules, e Aquiles e a Guerra de Tróia, respectivamente. Esse baralho está repleto de simbolismo e associações, desde os planetas e os signos até às quatro estações do ano.

O Ás de Espadas

Na Inglaterra, do século XIX, o Estado cobrava meia coroa de imposto (muito dinheiro na época) por baralho vendido, e exigia que o selo comprovante do imposto pago fosse impresso no ÁS de espadas; isso gerou uma tradição pela qual até hoje, mesmo não existindo mais o imposto, o ás de espadas leva a marca do fabricante ou outro distintivo que o diferencia de todas as outras cartas.

O às de espadas foi sempre visto como uma carta especial. Soldados Americanos, na II Guerra Mundial,  utilizavam o símbolo pintado em seus capacetes, pois trariam boa sorte.

Uma música famosa do Motörhead se chama "The Ace of Spades":

 

If you like to gamble, I tell you I'm your man
you win some, lose some, it's all the same to me
The pleasure is to play, it makes no difference what you say
I don't share your greed, the only card I need is

the Ace of Spades
the Ace of Spades

 
Se você gosta de jogar, saiba que eu sou o cara
você ganha algumas, perde outras, pra mim tanto faz
o prazer é jogar, não importa o que você diga
eu não compartilho de sua ganância, a única carta que preciso é

o Às de Espadas
o Às de Espadas