DIABO x ROCK

Gene SimmonsUriah HeepPara o bem ou para o mal, literalmente, muito da mitologia do rock´n roll tem a ver com figuras religiosas. Desde os músicos de soul, que cantam a palavra lord a cada cinco segundos, até os góticos, que costumam se reunir em cemitérios para ouvir música, a religião tem muito a ver com a história do rock. Muitos nomes de bandas são baseados na religião - Jesus and Mary Chains, The Grateful Deads, Black Sabbath, Judas Priest, Bad Religion, entre outros - outros tantos nomes de música também o são - 666 the Number of the Beast, Stairway to Heaven, Born to Raise Hell...

Se por uma lado a ligação do rock com Deus é antiga, não é por menos tempo que o Diabo se balança ao som do rock´n roll. Desde os tempos do blues do delta do Mississipi muitas histórias envolvem bluesmen e o Diabo. A mais famosa delas é a de Robert Johnson – que teria vendido sua alma em uma encruzilhada para ser o melhor guitarrista do mundo.

Robert Johnson e seu violão afinado pelo DemônioConta-se que Robert Johnson ficou à espera em uma encruzilhada, com seu violão à mão, em uma noite de lua nova. Quando deu meia noite, o diabo em forma de homem apareceu para afinar o instrumento. A partir daí, todos que ouvem suas músicas são encantados por ela. Na verdade Robert Johnson tocava um violão excelente e é mais provável ser a inveja, a origem das lendas que apareceram. Se essa história é verdadeira ou não ninguém sabe – mas fato é que, a muito tempo, o Diabo faz parte da mitologia do rock.

No metal o Diabo é levado a sério, na verdade tudo no metal é levado a sério, o que gerou boas bandas, muitas ruins e uma confusão dos Diabos. Desde análises paranóicas em busca de significados secretos nas letras de bandas como Led Zeppelin e Black Sabbath, suspeita de mensagens subliminares ao se ouvir o disco ao contrário e toda baboseira do gênero. Na década de 70 isso ia se tornar mais sério quando um grupo de senhoras católicas que não tinham o que fazer decidiram acabar com essa música do demônio. Elas proibiam shows, censuravam discos e pesquisavam sobre as referencias satânicas das bandas – uma delas até descobriu que Kiss na verdade significava Kero Idolatrar e Servir Satã................é brincadeira ?!